sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Carla Cruz, Marco Berrettini e Gérald Kurdian na abertura do 5º Circular Festival de Artes Performativas

De 19 a 26 de Setembro decorre a 5ª edição do Circular Festival de Artes Performativas, em diversos locais de Vila do Conde. A abertura do Festival acontece com o projecto desenvolvido em residência artística "Utopias, Ciborgues e Outras Casas nas Árvores" de Carla Cruz. A proposta da artista foi abrir o processo de criação artística à população, concretizada na oficina "Utopias Ciborgues e Outras Casas nas Árvores" que decorreu em Julho de 2009 em Vila do Conde, cujo resultado será agora apresentado entre 19 e 26 de Setembro, em vários locais da cidade, com entrada livre.

O Circular prossegue com o regresso de Marco Berrettini e a companhia *Melk Prod. (França) a território nacional, com uma dupla apresentação no Festival, com "Freezan/Défreezan" a 19 de Setembro, Sábado, às 21h30 no Auditório Municipal de Vila do Conde, e com "Freezao/Défreezao" a 20 Setembro, Domingo, às 21h30, também no Auditório Municipal. Estes dois espectáculos integram trilogia "Clean/Décline" iniciada em 2001.


Ainda a 19 de Setembro, Sábado, pelas 22h30, o performer, compositor e artista de rádio e residente em Paris, Gérald Kurdian, apresenta "1999", um projecto em construção para um musical sci‐fi lo‐fi, desenvolvido a partir dos 48 episódios e cenários da série televisiva de ficção científica "Espaço 1999". No âmbito de "1999", Gérald Kurdian irá tentar extrair ao imaginário, à cinética e às dinâmicas políticas da série televisiva de ficção científica “Espaço 1999” de forma a usá‐las numa ou em várias partituras para uma performance musical.

Os bilhetes custam entre 7,5€ (normal) e 5€ (desconto para menores de 30 anos, maiores de 65 anos e desempregados).

Este ano, o Festival disponibiliza pela primeira vez o Passe Circular: 25€ (válido para todos os espectáculos).
Os bilhetes estão à venda no Teatro Municipal de Vila do Conde (de Terça-feira a Domingo, das 14h às 19h), no Auditório Municipal de Vila do Conde (duas horas antes do início dos espectáculos) e nas lojas FNAC de Matosinhos, Porto e Vila Nova de Gaia (Telefone - 760 30 93 30).

Mais informações através do telemóvel 92 629 40 53 ou em www.cicrularfestival.com
.

Como já vem sendo habitual, no decorrer do Festival terão lugar conversas entre os artistas e o público, proporcionando o diálogo sobre os processos de criação desenvolvidos. Estará também patente uma mostra bibliográfica, que pretende dar a conhecer projectos editoriais na área das artes performativas publicados em Portugal.

Mais informações em www.circularfestival.com